Apenados da Pecan 1 assistem a grupo americano de teatro

Os apenados receberam kits com baralhos, balas e diversos livros

Os apenados receberam kits com baralhos, balas e diversos livros - Foto: Janice Sant'Ana/Susepe - Download HD (71,00 kB)

A manhã desta sexta-feira (12) começou diferente para os apenados da galeria C da Penitenciária Estadual de Canoas 1 (Pecan 1). Cerca de 100 presos foram convidados a assistir e participar do espetáculo do grupo 'Las Frecuencias del Misterio' (As Frequências), que apresentou shows de música, teatro, comédia, magia, uma mistura de ritmos musicais (rap, trance moderno/eletrônica), promovendo, inclusive, um ato da cultura gaúcha.

O grupo é formado por uma família norte-americana, composta por um casal e seis filhos. Os Woroniecki já viajaram por toda América do Sul, em quase 10 anos de apresentações. A proposta é apresentar atividades recreativas, engraçadas e divertidas. Durante o ato, são contadas histórias de superação, com intuito de transmitir uma mensagem de amor, respeito, convívio e esperança.

O espetáculo foi apresentado para 110 presos, que puderam interagir com os artistas, em uma roda de capoeira e dança gaúcha. A surpresa foi no futebol. Quando perguntado se todos gostavam do esporte, as vozes quase unânimes disseram que sim. Daí, a revelação: os irmãos estavam com as camisetas do Internacional e do Grêmio. Foram aplaudidos em pé.

Segundo Joshuá Woroniecki, por meio da música e do teatro, eles “promovem o amor de Deus e de seu filho Jesus, o perdão, a responsabilidade social, o desenvolvimento e a transformação pessoal, sem representar qualquer religião ou igreja”.

O apenado R.R., 27 anos, participante da dança gaúcha, revelou que “estava triste nesta manhã, mas, ao assistir ao espetáculo e ouvir as mensagens de amor e determinação, pensa que se pode acreditar em um futuro melhor”.

Para a filha mais velha do casal Woroniecki, Ruth, 35 anos, “participar desse espetáculo é uma benção de Deus. Divulgar o amor às pessoas privadas de liberdade, mostrando-lhes que existe a possibilidade de um novo recomeço, é uma dádiva”.

Os participantes receberam kits com baralhos, balas e diversos livros, como o Novo Testamento. O show é apresentado para todos os públicos e realizado em cinemas, eventos, escolas, bases militares, presídios, entre outros.

Texto: Janice Sant'Ana/Ascom Susepe
Edição: Sílvia Lago/Secom

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

Casa de Cultura abre chamada pública para ocupação...
Faders produz vídeo acessível sobre segurança à be...
© 2017 BasFas Marketing