Seminário detalha benefícios da Junta Digital em São Leopoldo

Página inicial > Últimas > Seminário detalha benefícios da Junta Digital em São Leopoldo

Desenvolvimento

06/12/2017 às 17:40

Seminário detalha benefícios de Junta Digital em São Leopoldo

Seminários detalham nova ferramenta que consolidou a Junta Digital no estado - Foto: Divulgação/JucisRS? - Download HD (55,00 kB)

A Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul (JucisRS) promoveu, nesta terça-feira (6), em São Leopoldo, o último Seminário Junta Digital de 2017. O evento tem o objetivo de detalhar o novo Sistema de Registro Mercantil (SRM) que consolidou a Junta Digital no estado. O seminário reuniu profissionais da área contábil e empresários na sede do Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade do Vale dos Sinos (Sincontecsinos).

Com a Junta Digital, ou seja, Junta Sem Papel, a prestação de serviços de registro empresarial é feita totalmente pela internet, com assinatura digital, dando maior segurança jurídica, confiabilidade e garantindo e facilitando o acesso aos serviços. Em parceria com o Sebrae/RS, a JucisRS organizou 13 edições do evento na capital e Região Metropolitana. 

Conforme o secretário-geral da JucisRS, Cleverton Signor, os seminários levam orientações sobre o funcionamento na prática da Junta Digital. Ele acrescenta que a nova plataforma - em operação desde 16 de outubro - ainda passa por pequenos ajustes, sendo fundamental instruir os usuários sobre todas as possibilidades do SRM.

No RS, 94 municípios já fazem parte da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (RedeSim). O Portal Redesim conta com todas as orientações aos usuários e clientes dos órgãos de registro.

O Seminário Junta Digital tem o apoio do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas do Estado do Rio Grande do Sul (Sescon-RS) e do Conselho Regional de Contabilidade do RS (CRC).

Ranking da Redesim (outubro 2017)

RS - 13º lugar no país (integração acima de 75%);
100% das Secretarias de Fazenda Estaduais Integradas;
2.477 municípios integrados à Pesquisa Prévia de Viabilidade, sendo 24 capitais de estado;
2.342 municípios integrados para emissão da inscrição municipal;
2.305 municípios aptos a emitir Alvará de Funcionamento direto pelo sistema para as Pessoas Jurídicas consideradas de baixo risco.

Texto: Denise Rodrigues/JucisRS
Edição: Gonçalo Valduga/Secom


Endereço da página:

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

Proposta Orçamentária para 2018 é aprovada na Asse...
Grupo de ações especiais qualifica profissionais p...
© 2017 BasFas Marketing