Redação

2 minutes reading time (446 words)

Governo priorizou reabilitação de jovens e acesso ao mercado de trabalho na área social

O legado de ações sociais nos quatro anos de governo José Ivo Sartori foi apresentado, nesta quarta-feira (5), no Galpão Crioulo do Palácio Piratini, na data em que se comemora o Dia do Voluntariado. De 2015 a 2018, o Estado intensificou os projetos de desenvolvimento social na reabilitação de jovens, qualificação para inserção no mercado de trabalho e inclusão de pessoas com deficiência. 

A secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori, enalteceu os resultados alcançados. "Além da escola interna na Fase (Fundação de Atendimento Sócio-Educativo do Rio Grande do Sul), todo jovem sai de lá com a carteira de profissional de trabalho e documentação completa para se inserir no mercado", afirmou.

Sartori e Maria Helena foram homenageados pelas contribuições sociais deixadas no estado Sartori e Maria Helena foram homenageados pelas contribuições sociais deixadas no estado - Foto: Luiz Chaves/Palácio PiratiniEla também chamou a atenção para o trabalho construído pelas Comissões Internas de Prevenção de Acidentes e Violência Escolar (Cipaves). "Talvez hoje não se tenha a dimensão, mas lá no futuro isso fará muita diferença na sociedade. Lembrem que na nossa gestão a cada 100 jovens da Fase 92 não voltaram ao crime. As Cipaves reduziram o índice de violência nas escolas", reforçou.

Além disso, Maria Helena destacou a parceria com os 247 municípios gaúchos que participam do Programa Primeira Infância Melhor (PIM)/Criança Feliz, que identifica regionalmente as necessidades de cada comunidade. Para o governador, ter consciência social é o embrião que promove resultados na população. "Ainda cedo, acreditamos que o nosso papel é ajudar as pessoas a criarem condições para elas. E esse sonho e ideal não perdemos até hoje. Apoiar o voluntariado e a solidariedade é uma questão que nos ajuda a vencer e a modificar a vida das famílias", ressaltou.

Parceiros solidários

Já o presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas do Estado do Rio Grande do Sul (Sescon RS), Celio Luiz Levandovski, agradeceu à equipe de governo pela parceria durante o mandato, cumprindo o papel de promover o resgate da dignidade dos gaúchos em situação de vulnerabilidade social. "Nosso papel não é só apurar o serviço contábil, mas escolher o destino e a aplicação de recursos para inclusão social, auxiliando crianças, jovens e idosos, o que traduz também uma gestão pública eficaz", avaliou.

No final do ato no Galpão Crioulo, Sartori e Maria Helena foram agraciados com placas alusivas em reconhecimento às contribuições sociais deixadas no estado. Ainda pela manhã, eles participaram de solenidade de repasse de recursos de R$ 1,9 milhão para entidades de assistência social que atendem crianças e adolescentes, por meio do Fundo Estadual dos Direitos da Criança e Adolescentes (Feca).

Governo apresenta balanço de ações desenvolvidas na área social Crédito: Governo do Rio Grande do Sul

Texto: Rodrigo Vizzotto
Edição: Gonçalo Valduga/Secom

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

Ligação da rede de água entre Bagé e Rivera deve s...
Sine Móvel estará no Centro da Juventude Cruzeiro ...