Notícias Serra Gaúcha

Programa Gaúcho do Artesanato realiza concurso de presépios

O Programa Gaúcho do Artesanato (PGA), por meio da Casa do Artesão de Porto Alegre, realiza concurso de presépios. Artesãos com Carteira de Artesão do PGA podem se inscrever até a sexta-feira (23), de forma presencial, na Agência FGTAS/Sine mais próxima ou na Casa do Artesão de Porto Alegre. Os endereços e horários de funcionamento das Agências estão disponíveis no site da FGTAS. Você pode conferir clicando aqui

Os artesãos inscritos deverão realizar a entrega do presépio que irá concorrer à premiação na segunda-feira (26), das 9h às 11h30, na Casa do Artesão de Porto Alegre (Av. Júlio de Castilhos, nº 144). O presépio deverá ter constituição plástica (forma, escultura ou modelada). Não serão aceitas técnicas como pintura em tela ou tecido.

Os trabalhos ficarão expostos na Casa do Artesão da capital até o dia 19 de dezembro. O concurso será realizado por meio de votação popular direta. Visitantes e consumidores da loja poderão participar da votação e concorrer ao sorteio de cesta de peças artesanais. Já os artesãos inscritos concorrerão à premiação de R$ 300 (1º lugar) e R$ 150 (2º lugar). Os resultados do concurso e do sorteio da cesta serão divulgados no dia 20 de dezembro, pelo telefone (51) 3226-3055.

A Casa do Artesão de Porto Alegre é a sede do Programa Gaúcho do Artesanato (PGA), desenvolvido pela Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) com o objetivo de incentivar a profissionalização e fomentar a atividade artesanal com políticas de formação, qualificação e apoio à comercialização.

Texto: Jaíne Martins/FGTAS
Edição: André Malinoski/Secom

  2 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

2 Acessos

Programa estadual para regularizar captação de águas subterrâneas será lançado nesta terça-feira

O governo do Estado lança, nesta terça-feira (20), às 16h, programa para regularizar a captação de águas subterrâneas no Rio Grande do Sul, no salão Alberto Pasqualini do Palácio Piratini. O programa será regulamentado pela Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

As ações serão alinhadas aos dados cadastrados no Conselho de Recursos Hídricos do Rio Grande do Sul. O objetivo é atender a legislação ambiental e evitar problemas decorrentes da captação irregular, como a contaminação dos aquíferos.

O orçamento previsto é de R$ 2,7 milhões para o início das operações, oriundos do Fundo de Investimento em Recursos Hídricos. Também poderão ser utilizadas como fontes de financiamento programas como a Consulta Popular, fundos estaduais e municipais e a conversão de multas.

SERVIÇO:

Pauta: lançamento de programa para regularizar a captação de águas subterrâneas

Quando: terça-feira (20), às 16h

Local: salão Alberto Pasqualini, no Palácio Piratini.

Texto: Letícia Bonato/Secom
Edição: André Malinoski/Secom

  2 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

2 Acessos

Estado lança documento “Mineração no Rio Grande do Sul: Diagnóstico Setorial e Visão de Futuro”

O governador José Ivo Sartori lança na quinta-feira (22), às 14h30, o documento “Mineração no Rio Grande do Sul: Diagnóstico Setorial e Visão de Futuro”. O ato ocorre no Palácio Piratini e contará com a presença da secretária de Minas e Energia, Susana Kakuta.

Em seu volume 1 (Sumário Executivo), o trabalho mostra os principais resultados obtidos no diagnóstico de forma a transmitir o contexto geral da mineração no Rio Grande do Sul, tendências, desafios, visão de futuro e macroestratégias para a promoção do setor no estado.

Foi desenvolvido em co-autoria com a Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) e com o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). Contou ainda com a colaboração da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) e outras entidades ligadas ao setor.

SERVIÇO:

O quê: lançamento do documento “Mineração no Rio Grande do Sul: Diagnóstico Setorial e Visão de Futuro”

Quando: quinta-feira (22), às 14h30

Local: salão Alberto Pasqualini, no Palácio Piratini.

Texto: Secretaria de Minas e Energia
Edição: André Malinoski/Secom

  17 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

17 Acessos

Mais de 25 mil veículos são fiscalizados em operação no feriado

A 96ª edição da Operação Viagem Segura executada no feriado de Proclamação da República encerrou-se à meia-noite do domingo (18), com 25.913 veículos fiscalizados pela Brigada Militar, Comando Rodoviário (CRBM) e Polícia Rodoviária Federal. Juntos, os órgãos registraram 13.562 autuações. Desde quarta-feira (14), foram recolhidos 491 veículos e 171 carteiras de habilitação irregulares.

Os órgãos de fiscalização aplicaram 3.063 testes de etilômetro e autuaram 58 condutores por embriaguez, sendo que 15, além de responderem por infração administrativa, foram enquadrados em crime de trânsito e encaminhados a delegacias (25,8%). Outros 103 foram autuados por recusa ao teste.

Todos os 161 condutores sofrerão as sanções administrativas do artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro: multa de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por um ano (além da retenção do veículo e do documento). Em caso de reincidência em um ano, aplica-se a multa em dobro e é instaurado Processo de Cassação do Direito de Direito de Dirigir em desfavor do infrator.

Apesar do esforço conjunto para reduzir a acidentalidade, ocorreram nas ruas e estradas gaúchas 275 acidentes nos cinco dias da Viagem Segura, resultando em 182 feridos e 14 mortos no local (média de 2,8 por dia). No ano passado, como a data caiu em uma quarta-feira, a operação durou apenas um dia, quando foi registrada apenas uma vítima fatal, a menor marca registrada na série histórica.

Megablitz

Como é tradicional, ocorreu a Megablitz em Porto Alegre, somando os esforços dos agentes da Balada Segura. Na noite de quarta para quinta, DetranRS, Brigada Militar, Polícia Civil, EPTC e Guarda Municipal efetuaram fiscalização conjunta na capital, buscando coibir comportamentos de risco e retirar de circulação motoristas sem condições de dirigir.

A blitz foi montada na avenida Wenceslau Escobar, nas proximidades do nº 915, totalizando 198 veículos fiscalizados. Os órgãos de trânsito flagraram 82 infrações diversas, sendo autuados dois condutores por embriaguez (teste positivo) e mais 16 por recusa ao bafômetro.

Segurança no trânsito

Um dos principais programas de segurança no trânsito do estado, a Operação Viagem Segura reúne órgãos de fiscalização e instituições parceiras para prevenir acidentes nos feriados e principais datas comemorativas. Polícia Rodoviária Federal (PRF), Brigada Militar (BM), Comando Rodoviário da BM (CRBM), DetranRS e Polícia Civil promovem ações de conscientização com o apoio da ANTT, DNIT, Cetran/RS, Daer, EGR, Metroplan e Famurs, além de representantes da sociedade civil organizada, como o Lions Club.

Desde o feriado da Proclamação da República de 2011, quando teve início a Viagem Segura, foram realizadas 96 edições, com mais de 5,4 milhões de veículos fiscalizados e 220,1 mil testes de etilômetro. Foram registradas 994,6 mil infrações, sendo mais de 19,4 mil autuações por embriaguez, incluindo recusas ao teste do bafômetro. A fiscalização ainda recolheu mais de 91,6 mil veículos e 25,1 mil carteiras de habilitação irregulares.

Texto: Letícia Sielecki/Detran-RS
Edição: Gonçalo Valduga/Secom

  20 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

20 Acessos

Uergs recebe inscrições para transferências, reingresso e ingresso de diplomados

A Uergs está com inscrições abertas para Mobilidade Acadêmica Externa, que permite ingresso de diplomados, transferência de outras instituições de Ensino Superior e reingresso de ex-alunos. As inscrições são online e terminam na sexta-feira (dia 23 de novembro).

São 431 vagas distribuídas em diferentes regiões do estado. Os candidatos com matrícula homologada deverão iniciar as aulas no primeiro semestre de 2019.

Texto: Daiane de Carvalho Madruga/Uergs
Edição: André Malinoski/Secom

  31 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

31 Acessos

Atleta de Novo Hamburgo leva ouro no salto em distância dos Jogos Escolares

O Rio Grande do Sul conquistou, no domingo (19), a medalha de ouro no atletismo do Jogos Escolares da Juventude (JEJ 2018). Rayssa Caroline de Oliveira, 13 anos, bateu o recorde de todos os campeonatos em salto em distância sub-14. Comprometida com os treinamentos, bons resultados e também com os estudos, Rayssa é atleta da Instituição Evangélica de Novo Hamburgo (INH) e participa desde os oito anos do Programa Corrida pela Cidadania.

As boas notícias não param por aí. Ela foi convocada pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar e Ministério do Esporte para compor a Seleção Brasileira de Atletismo no Campeonato Sul-Americano. A competição ocorre em dezembro, na cidade de Arequipa, no Peru.

Jovem vai disputar campeonato sul-americano representando o Brasil Jovem vai disputar campeonato sul-americano representando o Brasil - Foto: Roberta Amaral/Sedactel

Prata

Também no atletismo, o RS teve duas pratas no salto em altura: Thomaz Ferrando, do Colégio Militar de Santa Maria, na categoria 12 a 14 anos, e Thiana Machado, do Instituto Ivoti, na categoria 15 a 17 anos.

Os Jogos Escolares da Juventude acontecem até 25 de novembro em Natal (RN). Essa a primeira vez que o Comitê Olímpico do Brasil (COB) reúne atletas de 12 a 14 anos e de 15 a 17 em uma única edição nacional. É também a maior edição da competição: 5.038 atletas dos 26 estados e Distrito Federal, representando 2.153 escolas. Do Rio Grande do Sul são mais de 250 jovens.

Texto: Roberta Amaral/Sedactel
Edição: Gonçalo Valduga/Secom

  23 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

23 Acessos

Primeira fase dos Jogos Escolares da Juventude já garantem 22 medalhas ao Rio Grande do Sul

Terminou nesta sexta-feira (16), a primeira das três etapas dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), que este ano acontecem em Natal, capital do Rio Grande do Norte (RN). Os alunos gaúchos conquistaram 22 medalhas, tendo como destaque a natação feminina, que subiu 14 vezes ao pódio. Os jogos são uma realização do Comitê Olímpico do Brasil (COB), com a organização da delegação do estado das Secretarias de Educação (Seduc) e da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer (Sedactel), que também financia as passagens com verba da Lei Geral do Desporto, a Lei Pelé.

Nesta primeira fase foram disputadas seis modalidades: natação, tênis de mesa, ginástica rítmica, xadrez, ciclismo e vôlei de praia, todas nas categorias 12 a 14 anos e 15 a 17 anos e nos naipes masculino e feminino, menos a ginástica, que tem apenas o feminino. Para o Rio Grande do Sul, além das medalhas da natação, vieram seis do tênis de mesa, uma da ginástica rítmica e uma do xadrez. (Veja o quadro abaixo)

Na próxima etapa, que vai deste sábado (17) à terça-feira (20), serão disputadas mais quatro modalidades, nas mesmas categorias e naipes da anterior: atletismo, badminton, futsal e voleibol. A delegação gaúcha completa tem 222 alunos/atletas e 28 técnicos de 89 escolas, cujas equipes venceram o Campeonato Estudantil do RS (Cergs), entre os colégios particulares, ou os Jogos Escolares do RS (Jergs), entre as públicas, e atletas que atingiram índices em modalidades individuais.

NATAÇÃO

Feminino 12 a 14 anos

1- 400m livre              - ouro                - Beatriz Paiva (Col. Rosário)

2-                                    - bronze            - Luana Mileski (Col. La Salle São João)

3- 4x50m livre            - bronze            - Giovana Mendonça (Col. Uruguai)

                                                                    - Beatriz Paiva (Col. Rosário)

                                                                    - Luana Mileski (Col. La Salle São João)

                                                                    - Emanuela Glaus (Col. Santa Doroteia)

4- 50m livre                 - prata               - Giovana Mendonça (Col. Uruguai)

5- 50m borboleta       - prata               - Giovana Mendonça (Col. Uruguai)

6- 100m borboleta     - prata               - Giovana Mendonça (Col. Uruguai)

7- 100m livre               - bronze            - Beatriz Paiva (Col. Rosário)

8- 50m peito                 - bronze           - Luana Mileski (Col. La Salle São João)

9- 100m peito              - bronze           - Luana Mileski (Col. La Salle São João)

10 – 4x50 medley       - bronze           - Giovana Mendonça (Col. Uruguai)

                                                                     - Beatriz Paiva (Col. Rosário)

                                                                     - Luana Mileski (Col. La Salle São João)

                                                                     - Sabrina Schinaiders (Col. São Pedro)

Feminino 15 a 17 anos

11- 4X50 livre              - bronze           - Laura Paludo Col. São Pedro)           

                                                                     - Luisa Mendonça (Col. Anchieta)

                                                                     - Paola Schiavon (Col. Santa Catarina)

                                                                     - Ana Behr (Col. Anchieta)

 

12- 200m medley       - ouro               - Laura Paludo Col. São Pedro)

13- 100m peito           - bronze           - Laura Paludo Col. São Pedro)

14- 4x50 medley        - prata               - Laura Paludo (Col. São Pedro)

                                                                    - Luisa Mendonça (Col. Anchieta)

                                                                    - Paola Schiavom (Col. Santa Catarina)

                                                                    - Ana Behr (Col. Anchieta)

TÊNIS DE MESA

Feminino           

15- Equipe                    - prata              - Lívia Lima (Col. Gousch)

                                                                    - Thaís Tanaka (EEEM 10 de Setembro)

                                                                    - Victória

12 a 14 anos

16-Individual               - bronze           - Thaís Tanaka (EEEM 10 de Setembro)

15 a 17 anos

17- Individual              - ouro               - Lívia Lima (Col. Gousch)

Masculino

            12 a 14 anos

18- Individual              - bronze           - João Model (EEEM 10 de Setembro)

            15 a 17 anos

19- Individual              - bronze           - Murilo Bandeira (Col. Pastor Dohms)

Dupla Mista

20-Dupla Mista            - bronze           - Lívia Lima (Col. Gousch)

                                                                     - Murilo Bandeira (Col. Pastor Dohms)

GINÁSTICA RÍTMICA

15 A 17 ANOS

21- Individual Geral   - bronze           - Nathalia Vecchia (Col. Farroupilha)

XADREZ

Masculino

22- Blitz                         - prata               - Danyel Oliveira (ETE Sen. Ernesto Dorneles)                                   

 

Os Jogos

No total, 5.038 atletas dos 27 Estados brasileiros e do Distrito Federal, representando 2.153 escolas, competirão nos 14 esportes que fazem parte da programação. Estão inscritos ainda 464 árbitros, 220 voluntários, sendo 90 militares das três forças armadas – Exército, Marinha e Aeronáutica –, além de dirigentes, técnicos e observadores de nove confederações esportivas. Uma delegação convidada do Japão, com 25 pessoas, também participa da competição.

No restaurante montado no Centro de Convenções de Ponta Negra serão servidas mais de 83 mil refeições entre os dias 12 e 25 de novembro, data do encerramento do evento. São utilizados 16 hotéis e mais de 36 mil diárias contratadas. Para transportar todos os envolvidos, serão utilizados 60 carros, 29 vans, 85 ônibus e nove caminhões com sete toneladas de equipamentos.

Saiba mais: https://www.cob.org.br/pt/jogos-escolares

  31 Acessos

Copyright

© Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul

31 Acessos

Museu apresenta recital com canções renascentistas e barrocas

O Museu Julio de Castilhos apresenta no dia 24 de novembro o espetáculo atmosférico Música, alimento do amor. O evento faz parte da programação de final de ano da instituição e ocorre às 18h, no Salão Nobre, com um happy hour com temas renascentistas e recital dos músicos Andiara Mumbach (voz) e Fernando Rauber (cravo).

O espetáculo é ambientado no período Elizabetano (1558-1603), final da dinastia dos Tudor, apogeu da Renascença na Inglaterra, especialmente rica na música e na literatura, tendo em Shakespeare um de seus maiores expoentes. É também o período das grandes navegações e intercâmbios europeus que irão formar o panorama cultural da época das primeiras colônias no Brasil.

No repertório de Andiara e Rauber, canções inglesas renascentistas e barrocas dos compositores Thomas Morley (1557-1602), John Dowland (1563-1626), Robert Johnson (1583-1633) e Henry Purcell (1659-1695), intercaladas por solos para cravo do Fitzwilliam Virginal Book, coleção para teclado das eras Elizabetana e Jacobina na Inglaterra. A direção de arte de Música, alimento do amor é da artista plástica Cláu Paranhos.

Sobre os artistas

A soprano Andiara Mumbach é formada em canto pela Universidade Federal de Santa Maria. Foi professora de técnica vocal no Projeto de Extensão do Curso de Música da UFSM e preparadora vocal do Coro de Câmara da mesma instituição.

Fernando Rauber é Doutor em Música pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Integra a Orquesta de Caxias do Sul e o grupo porto-alegrense Sphaera Mundi Orquestra. Foi um dos laureados no concurso Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre em 2006 e, em 2007, selecionado para ser bolsista do Chautauqua Music Festival em Chautauqua, NY, Estados Unidos.

Cláu Paranhos é artista, arte educadora, agente cultural e pesquisadora na área de artes visuais. É Mestre (UFPel), Licenciada e Bacharel (UFRGS) em Artes Visuais. Participa e produz oficinas, exposições e ações artísticas individuais e coletivas. Atualmente, cria as Bonecas Feias, produção poética que questiona os padrões culturais do corpo. Atua no Conselho Municipal de Cultura na cidade de Pelotas, é presidente da Associação de Amigos do Museu Júlio de Castilhos e vice-presidente da Associação Riograndense de Artes Plásticas Francisco Lisboa.

Serviço

Espetáculo: Música, Alimento do Amor

Data: Sábado (24), às 18h

Local: Museu Júlio de Castilhos (Rua Duque de Caxias, 1205, Centro Histórico)

Ingressos: R$ 40 inteira | R$ 20 para idosos e estudantes | Amigos do Museu Júlio de Castilhos tem 20% de desconto 

Ingressos antecipados: pelo email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo whatsapp (51) 98220.3707

Texto: Roberta Amaral/CCMQ
Edição: Gonçalo Valduga/Secom

  46 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

46 Acessos

Procon RS orienta consumidores sobre como evitar problemas na Black Friday

O mês de novembro é marcado pela Black Friday, quando as empresas e prestadores de serviços oferecem descontos em suas mercadorias ou atividades. A data, que já se tornou fixa no calendário do comércio brasileiro e foi inspirada nos Estados Unidos, é a chance de antecipar as compras de Natal por um menor custo.

Neste ano, a campanha ocorre na sexta-feira (23) e algumas marcas e companhias ficam até uma semana com descontos. Para evitar problemas e criar dívidas indesejadas, o Procon RS elaborou algumas dicas para o consumidor aproveitar as ofertas.

Confira as dicas:

1. Não caia em roubada. Fique atento se os descontos oferecidos são reais ou custam “metade do dobro”.

2. Exija sempre a nota fiscal para comprovar a relação de consumo e ter direito à garantia do produto e/ou serviço.

3. Produtos com problemas devem ser encaminhados para a assistência técnica e o reparo deve ser feito em até 30 dias.

4. Fique atento às compras pela internet, busque informações sobre os sites no Sindec Nacional ou CONSUMIDOR.GOV.

5. Quando acessar um site de compras, verifique se tem cadeado de segurança e mantenha o antivírus atualizado.

6. Evite clicar em anúncios que chegam por e-mail ou redes sociais. Oportunistas aproveitam a data para enviar mensagens falsa com nomes de empresas conhecidas.

7. É obrigação do fornecedor garantir o que foi prometido no site ou anúncios.

8. O consumidor pode exercitar seu direito de arrependimento de compra feita pela internet no prazo de sete dias a contar do recebimento do produto.

9. Documente todos os passos da compra virtual, inclusive com o e-mail do fornecedor, para casos de troca ou não recebimento do produto.

10. Foi enganado? Procure os órgãos de Proteção e Defesa do Consumidor na internet.

Texto: Ascom ProconRS
Edição: Léa Aragón/Secom

  32 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

32 Acessos

Políticas sociais são menina dos olhos do nosso governo, diz Sartori

As políticas públicas para a área social foram destaque no governo de José Ivo Sartori. Neste sábado (17), as ações e programas voltados ao atendimento de famílias de baixa renda, de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, e de prevenção à violência foram assunto do programa Governo e Comunidade, da Rádio Piratini, que foi transmitido pelas radiodifusoras nas mais diversas regiões do Rio Grande do Sul.

"As políticas sociais são a menina dos olhos do nosso governo. Sempre trabalhamos para os que mais precisam e para que tenhamos uma sociedade mais justa. São iniciativas que parecem pequenas, mas que fazem muita diferença na vida de milhares de pessoas", afirmou Sartori.

O Primeira Infância Melhor (PIM), por exemplo, que atende gestantes e crianças de zero a seis anos, serviu de inspiração para o programa Criança Feliz do governo federal. Através do PIM foram atendidas mais de 53 mil crianças em 260 municípios do estado.

Já o Prato para Todos, onde são destinados alimentos de boa qualidade às famílias de baixa renda e que promove a ressocialização de jovens em tratamento contra o uso de drogas na seleção e distribuição dos alimentos, 300 entidades cadastradas beneficiaram até 50 mil pessoas mensalmente.

"No Programa de Oportunidades e Direitos (POD) buscamos diminuir a violência e envolver os jovens contra o crime, com mais dignidade e um futuro melhor. Foram criados seis Centros da Juventude em zonas muito pobres e vulneráveis socialmente, onde os jovens sofrem com a falta de oportunidades e ali eles têm acesso a esportes, atividades culturais e profissionalizantes", complementou o governador.

O POD conta com quatro centros em Porto Alegre, um em Alvorada e outro em Viamão. Cerca de cinco mil jovens já foram atendidos e 1,5 mil se formaram em cursos técnicos. Mais de 500 deles estão empregados atualmente. "“Isso eleva a autoestima, eles passam a ter uma profissão, trabalho e renda, e ainda ajudam com a família. No POD Social, a cada 100 dos jovens que são acompanhados, 92 não voltam para o crime. Desde o início do nosso governo, olhamos com muito cuidado para a juventude porque sem eles não há futuro", concluiu.

Políticas para as mulheres

As políticas de atendimento às mulheres vítimas de violência domésticas, como a Rede Lilás, tiveram continuidade no governo Sartori. A Patrulha Maria da Penha conta com 31 unidades no momento. Já o programa Empregar RS Mulher atendeu seis mil mulheres para facilitar o acesso ao mercado de trabalho.

"Os resultados mostram que o atendimento aqueles que mais precisam do poder público é um fator de orgulho para todos nós. Tudo isso foi possível graças ao trabalho integrado de todas as secretarias de Estado, e o empenho da secretária (do Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos) Maria Helena, que sempre se dedicou à causa social", reiterou.

As Comissões Internas de Prevenção a Acidentes e Violência Escolas (Cipaves) também foram citadas como destaque de ações de governo. A política, que teve origem no município de Caxias do Sul, está presente em quase todas as escolas estaduais no momento atual. Os resultados indicam a diminuição da prática bullying em até 30%.

A edição do programa Governo e Comunidade contou com a apresentação da jornalista Nara Sarmento e foi a segunda transmitida desde o retorno da licença do governador José Ivo Sartori no período das eleições. Até o final deste ano, o tema do programa será um balanço sobre os resultados da gestão.

Texto: Letícia Bonato
Edição: Gonçalo Valduga/Secom

  26 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

26 Acessos

Dança flamenca é a atração na Casa de Cultura Mario Quintana no dia 30

O espetáculo de música e dança flamencas “La luna e el sol”, idealizado por Ângelo Rupp (guitarra flamenca), Denise Ribeiro (bailarina) e Patrícia de La Peña (cantora), será apresentado na Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ) na sexta-feira (30), às 20h. No repertório, canções românticas, melancólicas, divertidas: música espanhola, em especial a flamenca. Os ingressos custam R$ 33.

Sobre os artistas

Denise Ribeiro é dançarina. Passou pela Cadica, que oportunizou a evolução de sua técnica como bailarina e professora. Realizou cursos com Yanina Martinez, Manuel Reyes, Stefano Domit e fez dois meses de aulas regulares com Belén Fernández, que é referência na dança flamenca, além de workshops com El Farru, Pepa Molina, Farruquito Manuel Liñan, Carmen Ledesma. Participou de diversas apresentações ao longo do tempo e ministra aulas há oito anos para os níveis iniciantes e intermediários, desenvolvendo com os seus alunos um grande amor pela dança e pelo flamenco.

Ângelo Rupp estudou na escola de música de Amsterdã, onde desenvolveu e aperfeiçoou a técnica Flamenca. Fez parte da preparação para o Conservatório de Música de Roterdã na Holanda. Participou de um grupo holandês chamado Calle Real, cujo repertório era composto pelas canções da Espanha, as Sevilhanas, nas quais o violão torna-se fundamental para o acompanhamento e traz resultados para o próprio músico.

De volta ao Brasil, em 2003, junto com Cadica Danças e Ritmos, o guitarrista tocou ao lado dos músicos Fernando de Marília e Patrícia de La Peña, além de ter trabalhado com a academia Tablado Andaluz, em Porto Alegre, com quem participou do segundo encontro de Etnias, em Criciúma. Realizou ainda apresentações no salão de atos da UFRGS, no teatro de São Carlos em Caxias do Sul, em uma festa cigana na cidade de Pelotas e no restaurante da academia.

Patrícia De La Peña iniciou sua carreira de cantora com a bailarina Cadica Costa, diretora da Escola Cadica Danças e Ritmos. Ao longo de sua carreira se apresentou em diversos locais como: Teatro da Universidade de Caxias do Sul (UCS), em Caxias do Sul; Teatro da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), entre outros. Em 2016, conquistou o II Prêmio Cultural Internacional de Abruzzo Trentino Alto Adige, na Itália, como professora de canto para o projeto Pescar.

SERVIÇO

O quê: espetáculo “La luna e el sol”

Quando: sexta-feira (30), às 20h

Local: Sala Carlos Carvalho – 2º andar da CCMQ (Rua dos Andradas, nº 736)

Ingressos: R$ 33.

Texto: Darlene Silveira/CCMQ
Edição: André Malinoski/Secom

  20 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

20 Acessos

Colheita do trigo está quase concluída no Rio Grande do Sul

A colheita do trigo andou em ritmo forte nesta semana, atingindo 90% da área produtiva do estado, restando 10% das áreas com o trigo maduro e por colher, o que deve ocorrer até domingo (25). À medida que a colheita avançou, as produtividades e a qualidade do produto foram reduzindo. De acordo com o Informativo Conjuntural divulgado pela Emater/RS-Ascar, há grande variabilidade de produtividade entre as lavouras, variando entre 2,2 t/ha a 2,9 t/ha, dependendo da região. Poucas lavouras apresentaram peso do hectolitro superior a 78. Após as chuvas, a qualidade do produto ficou mais comprometida, com peso do hectolitro entre 71 e 76. Boas quantidades de trigo colhido foram comercializadas na forma de “triguilho”, sendo destinadas à fabricação de ração animal.

Também para os próximos dias deve ser concluída a colheita da cevada, restando apenas cerca de 10% da área, basicamente nas regiões Celeiro e Alto Jacuí. A produtividade está na média de 2.500 kg/ha, frustrando a expectativa dos produtores, que esperavam colher acima de 3 t/ha. Além da redução de rendimento, a qualidade também não atingiu o padrão desejado para a malteação, sendo grande parte classificada como forrageira. O preço referencial para cevada cervejeira é de R$ 40,00/saca de 60 quilos; para a forrageira, R$ 23,00/sc.

CULTURAS DE VERÃO

A área semeada com milho no estado chegou a 81% da projetada inicialmente (738 mil ha), estando 66% em desenvolvimento vegetativo, 9% em floração e 4% em enchimento de grão. Em boa parte dos municípios produtores, especialmente no Noroeste, já foi implantada a primeira safra. O padrão das lavouras é muito bom, boa área folhar, bom aspecto fitossanitário e alta densidade populacional de plantas. As lavouras com excelente desenvolvimento até o momento, demonstrando ótimo potencial produtivo.

O plantio da lavoura de soja no Estado se intensificou no último período, atingindo cerca de 48% de área estimada (5,9 milhões de hectares), beneficiado pelas condições meteorológicas da semana. Já são observadas lavouras do cedo com formação de bom estande de plantas. Nas regiões produtoras, 40% das lavouras implantadas estão em germinação e desenvolvimento vegetativo.

Como houve problemas de germinação das sementes, foi necessário o replantio da soja, em uma percentagem muito pequena da área semeada, como consequência da grande intensidade de chuvas do final de outubro sobre as áreas recém-plantadas, prejudicadas em razão da crosta de terra, formada pelo acúmulo de água e também pela erosão laminar e tombamento de plântulas (damping off).

A cultura do arroz está nas fases de semeadura, germinação/emergência e desenvolvimento vegetativo. Com as condições meteorológicas ocorridas nesses últimos dias, houve aceleração do plantio, elevando o percentual para o estado para cerca de 90% da área de intenção de plantio, estando 87% da área em germinação e desenvolvimento vegetativo.

Ainda no arroz, na zona sul, em Rio Grande, já foram semeados 91% da intenção de plantio; em Jaguarão, 89%; em Pelotas, 90% e Santa Vitória do Palmar está 100% semeados. Na Fronteira Oeste, em Uruguaiana, os orizicultores já encerraram o plantio dos 82 mil hectares estimados inicialmente. Já no Litoral Norte, nas Costeiras Lagunares e no Centro-Sul, a atividade de plantio já ultrapassa os 82% da área e deve ser concluído até o final de novembro.

As lavouras de feijão se encontram em sua maioria em estágios de desenvolvimento vegetativo (50%) e de floração (23%), apresentando ótimo stand a campo, sendo que 82% das áreas estimadas foram semeadas. Esse é o momento da aplicação de fungicidas e inseticidas para controle das principais doenças e pragas. O clima é favorável ao desenvolvimento da cultura.

OLERICULTURA E FRUTICULTURA

Batata-doce - Não há projeção de ampliação de área na Região Centro-Sul, e sim risco de redução pela possível falta de mudas. No momento as principais fases são de preparo do solo e plantio. Até o momento, estima-se que já tenha sido implantado em torno de 80% da área tradicional, com bom desenvolvimento vegetativo. A semana ensolarada favoreceu o plantio. Essa safra de 2018-2019 será dividida em duas etapas: o plantio normal, entre setembro a novembro, ocorrendo atualmente; e o do tarde, entre janeiro e fevereiro.

Pêssego – Na Serra gaúcha, as condições climáticas foram bastante favoráveis para o desenvolvimento e a manutenção da sanidade dos pessegueirais, intensificando a coloração e o sabor das frutas. Principais pragas da cultura, a mosca-das-frutas e a grafolita (mariposa oriental) ainda não se manifestaram nos pomares, que estão sob constante monitoramento, pois, com o aumento normal das temperaturas, é natural a tendência de infestação.

Melão Gaúcho – O município de Nova Santa Rita tradicionalmente cultiva em torno de 60 hectares, já implantados para esta safra. A colheita deverá iniciar na segunda quinzena de novembro, prolongando-se até janeiro. Espera-se produtividade média de 20 toneladas por hectare e bons preços, acima de R$ 2,30/kg.

PASTAGENS E CRIAÇÕES

O campo nativo está em pleno desenvolvimento, favorecido pelas condições climáticas das últimas semanas. Em áreas bem manejadas, com pressão de pastejo adequada, há boa oferta de pastagem, e os bovinos e ovinos ganham peso. As pastagens de trevos e cornichão ainda apresentam boa produção, melhorando a oferta de forragem para os rebanhos. Ocorre até o final de novembro a colheita das lavouras de aveia e azevém - que estão na fase reprodutiva - para produção de sementes. Nas áreas com integração lavoura-pecuária ocorre a dessecação das pastagens para implantação principalmente da cultura de soja. Intensificam-se a implantação das forrageiras de verão e a adubação em cobertura para acelerar a produção de massa verde.

Piscicultura - Continuam as reservas de alevinos e o planejamento do próximo período produtivo. Na região de Santa Rosa, ocorre o período de defeso, em que a pesca comercial é proibida nos rios, em função do período de piracema, quando os peixes estão subindo os rios para reprodução. Estão sendo agendados horários de atendimento junto ao INSS para que os pescadores encaminhem o seguro.

Texto: Adriane Bertoglio Rodrigues/ Imprensa da Emater/RS-Ascar
Edição: Léa Aragón/ Secom 

  38 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

38 Acessos

Escola tradicional de Cruz Alta é contemplada com reforma e ampliação

O governo do Estado investiu R$ 11.093.817,27 na reforma e ampliação da Escola Estadual de Educação Básica Margarida Pardelhas. A tradicional escola do município de Cruz Alta, criada em 1914, atende cerca de 800 alunos da rede estadual de ensino. A obra iniciou no dia 5 de setembro e tem prazo para conclusão de 18 meses.

A Construtora Solo, de Concórdia, é a responsável pela execução da obra. A empresa já realizou a desmontagem da estrutura da quadra de esportes, a demolição do prédio do refeitório, da biblioteca e a terraplanagem da área onde será construído o prédio principal da instituição. Atualmente, a obra está em fase de fundações e infraestrutura.

"A obra representa um dos maiores investimentos na área da educação no interior, demonstrando o compromisso do Estado em oportunizar melhores condições para o ensino. Até o final do ano, mais de mil escolas da rede terão sido beneficiadas com obras", afirmou o secretário de Obras, Saneamento e Habitação, Rogério Salazar.

Para a coordenadora regional de Obras Públicas da 9ª CROP, Flávia Marangon, o trabalho conjunto e o diálogo foram essenciais para a efetivação dos investimentos em Cruz Alta. “Conseguimos avançar e trazer importantes recursos para a cidade. Desde o início, procuramos estabelecer as principais prioridades, atendendo demandas importantes como o início das obras da escola Margarida Pardelhas e a reforma da cobertura da escola Venâncio Aires", destacou.

O que será feito

Serão construídas salas de aula, sala para a administração, biblioteca, laboratório, sanitários PNE, refeitório e áreas de serviço. A nova edificação ficará mais à frente no terreno, onde existiam as quadras esportivas abertas. A ação permite a ampliação e o melhor aproveitamento do novo pátio coberto e do pátio interno.

O bloco 3 do auditório, localizado no centro do terreno, será inteiramente reformado, incluindo a substituição do forro de telha colonial e da estrutura de sustentação. Também estão previstos o investimento em paisagismo, drenagem do terreno, passeio público, iluminação, construção do cercamento no perímetro da escola e de uma nova quadra poliesportiva. A unidade ainda terá Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI) e acessibilidade completa, conforme as normas técnicas vigentes.

Investimentos em Cruz Alta

O governo também investiu na reforma das escolas Venâncio Aires, Arnaldo Ballve, Hildebrando Westphalen, Ana Veríssimo Alves, Belarmino Cortes, José Carlomagno e Annes Dias. "A obra da escola Margarida Pardelhas era uma das principais demandas da comunidade escolar de Cruz Alta", ressaltou o coordenador Regional de Educação da 9ª CRE, Gustavo Bilibio. Segundo ele, a cidade receberá mais de R$ 13 milhões em melhorias na educação.

Texto: Jean Maidana/SOSH
Edição: Gonçalo Valduga/Secom

  28 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

28 Acessos

Instituto Estadual de Artes Visuais abre 5º Período Expositivo na Casa de Cultura Mario Quintana

O Instituto Estadual de Artes Visuais (IEAVi) inaugura o 5º Período Expositivo do Edital de Ocupação de suas galerias na Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ), na quarta-feira (21), às 19h. As mostras são Philosofreak, de Martin Heuser, Raquel Magalhães, Alexandre Copês e João GG, com curadoria de Henrique Menezes, na Galeria Augusto Meyer; Afeto Rígido, de Lívia Auler, no Espaço Maurício Rosenblatt; e Cor Maravilha: A Reorigem do Mundo, de Ana Paula da Cunha, na Fotogaleria Virgílio Calegari. As exposições ficam abertas para visitação até 23 de dezembro, com entrada franca.

Philosofreak

A exposição, com curadoria de Henrique Menezes, aproxima uma geração de artistas gaúchos que exploram, há quase uma década, a cultura contemporânea em discursos confessionais. Martin Heuser, Raquel Magalhães, Alexandre Copês e João GG buscam no ethos cosmopolita sua linguagem: o caos da hiperinformação - o elemento freak - contaminando as obras, com proposições artísticas estruturadas em reflexões - o philosophical  - acerca de uma modernidade em ruínas.

Afeto Rígido

Lívia Auler usa fragmentos da história da avó materna para falar sobre a condição da mulher. O lugar imposto à mulher, as relações da mulher com o mundo, com uma cidade do interior, com instituições, com a rua, com o público, com o privado, com a loucura, com o sufocamento, a repressão, a opressão. A terra vermelha da Região das Missões é o cenário para as fotografias apresentadas.

Cor Maravilha: A Reorigem do Mundo

A exposição é resultado da pesquisa da artista visual Ana Paula da Cunha em poéticas visuais. Foram cinco anos de experimentações e realizações em serigrafia, fotografia, cerâmica, escultura, instalação, aquarela, vídeo, apropriação e arte conceitual.

SERVIÇO

O quê: Abertura de Exposições - 5º Período Expositivo - Edital de Ocupação IEAVi

Quando: Quarta-feira (21), das 19h às 21h

Onde: Instituto Estadual de Artes Visuais - Galeria Augusto Meyer, Espaço Maurício Rosenblatt e Fotogaleria Virgílio Calegari  - 3° e 7º andares da CCMQ (Rua dos Andradas, 736)

Visitação: De 22 de novembro a 23 de dezembro; de terça a sexta-feira, das 9h às 18h; sábados e domingos, das 12h às 18h

Texto: Ascom IEAVi
Edição: Sílvia Lago/Secom

  63 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

63 Acessos

Gás natural tem reajuste no Rio Grande do Sul

A partir desta sexta-feira (16), entram em vigor as novas tabelas de preços do gás natural para todos os clientes da Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás), com percentual de aumento de 8,95%. O reajuste visa à recomposição parcial do custo de aquisição do produto, que já se elevou 33,2% em relação a 2017.

Uma parte desse aumento se deve à trajetória de alta nas cotações dos óleos, que compõe o preço de compra do gás. A outra parte, mais significativa, à desvalorização cambial. Apesar do reajuste não cobrir a integralidade do custo de aquisição do produto, a capacidade de investimento da Sulgás está sendo preservada.

As novas tabelas respeitam o regramento disposto no Contrato de Concessão e mantêm a competitividade do gás natural em relação aos concorrentes (GLP, Diesel, Óleo Combustível, Gasolina e Etanol).

Reajustes por segmento

Industrial: 8,95%

GNV (postos de combustíveis): 8,95%

Comercial e residencial: 8,95%

Gás Natural Comprimido (industrial, comercial, veicular): 8,95%

Cogeração PPT: 8,95%

Cogeração e climatização: 8,95%

Texto: Ascom Sulgás
Edição: Secom

  25 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

25 Acessos

Governador manifesta pesar pelo falecimento do escritor Aldyr Garcia Schlee

O governador José Ivo Sartori manifesta pesar e solidariedade aos familiares pelo falecimento do escritor Aldyr Garcia Schlee, um dos grandes nomes da literatura contemporânea gaúcha. "É uma grande perda para a cultura do Rio Grande do Sul", afirma Sartori.

Nascido em Jaguarão, Schlee completaria 84 anos no próximo dia 22. Ele vivia há muitos anos em um sítio em Capão do Leão, próximo a Pelotas. Lutando contra um câncer de pele desde 2012, estava internado há dez dias no Hospital Beneficência Portuguesa, em Pelotas, onde veio a falecer.

Segundo a família, o velório ocorrerá nesta sexta-feira, a partir das 7h, no Memorial Pelotas Cemitério Parque. O sepultamento está previsto para as 17h.

Morte do escritor representa grande perda para a cultura do Estado Morte do escritor representa grande perda para a cultura do Estado - Foto: Diário Popular de Pelotas

Autor de mais de uma dezena de livros - o mais recente, O Outro Lado - Noveleta Pueblera, publicado este ano -, Schlee também era jornalista, tradutor, professor universitário e desenhista. Foi com este último talento que conquistou alcance nacional e internacional.

É de Schlee a autoria do desenho oficial da camiseta da Seleção Brasileira. Em 1953, aos 19 anos, trabalhando como caricaturista em Pelotas, Schlee venceu 201 candidatos no concurso promovido pelo jornal Correio da Manhã para a escolha do uniforme da Seleção. Após o concurso, a então Confederação Brasileira de Desportos (CBD) oficializou o uniforme e concedeu a Schlee um prêmio em dinheiro e um estágio em um jornal carioca.

Para o governador José Ivo Sartori, a morte de Schlee representa uma grande perda para a cultura do Estado. Victor Hugo, secretário da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, também lamenta a morte e lembra a importância de Schlee como um dos melhores nomes da literatura gaúcha. "Era um escritor que conhecia os personagens e os cenários da nossa cultura e que nos legou uma obra densa e original", ressalta.

Governo do Estado do Rio Grande do Sul

  43 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

43 Acessos

Cultura lamenta perda de Aldyr Garcia Schlee

A cultura do Rio Grande do Sul perde muito com a morte do escritor Aldyr Garcia Schlee, um dos grandes nomes da literatura contemporânea gaúcha. Nascido em Jaguarão, Schlee completaria 84 anos no próximo dia 22. Schlee vivia há muitos anos em um sítio em Capão do Leão, próximo a Pelotas. Lutando contra um câncer de pele desde 2012, Schlee estava internado há 10 dias no Hospital Beneficência Portuguesa, em Pelotas, onde veio a falecer. Segundo a família, o velório será nesta sexta-feira, a partir das 7h, no Memorial Pelotas Cemitério Parque. O enterro está previsto para as 17h.

Autor de mais de uma dezena de livros – o mais recente, “O Outro Lado – Noveleta Pueblera”, publicado este ano – Schlee era também jornalista, tradutor, professor universitário e desenhista. E foi com este último talento que Schlee conquistou alcance nacional e até internacional. É de Schlee a autoria do desenho oficial da camiseta da seleção brasileira. Em 1953, aos 19 anos, trabalhando como caricaturista em Pelotas, Schlee venceu 201 candidatos no concurso promovido pelo jornal Correio da Manhã para a escolha do uniforme da seleção. Após o concurso, a então Confederação Brasileira de Desportos (CBD) oficializou o uniforme e concedeu a Schlee um prêmio em dinheiro e um estágio em um jornal carioca.

Para o governador José Ivo Sartori, a morte de Schlee representa uma grande perda para a cultura do Estado. Victor Hugo, secretário estadual da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, também lamentou a morte e lembrou a importância de Schlee como um dos melhores nomes da literatura gaúcha. “Era um escritor que conhecia os personagens e os cenários da nossa cultura e que nos legou uma obra densa e original”.

  29 Acessos

Copyright

© Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul

29 Acessos

Álbum produzido com recursos do Pró-cultura concorre ao Grammy Latino

A 19ª edição do Grammy Latino será realizada nesta quinta-feira (15), em Las Vegas/EUA, e contará com a presença de artistas do Rio Grande do Sul entre os concorrentes. O projeto "Borghetti Yamandu", de Renato Borghetti e Yamandu Costa, disputa a categoria de Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa. Lançado em CD e DVD, o álbum captou R$ 204 mil por meio do sistema Pró-cultura RS/Lei de Incentivo à Cultura (LIC).

Outros gaúchos indicados em 2018
Além de "Borghetti Yamandu", outros trabalhos gaúchos também receberam destaque na premiação. O próprio Yamandu Costa concorre a Melhor Álbum Instrumental, por "Recanto".

A cantora Anaadi concorre a três categorias: Gravação do Ano, por "É Fake (Homem Barato)"; Melhor Artista Revelação; e Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa, por "Noturno". Já a sua equipe de mixers e engenheiros concorre a uma quarta categoria, a de Melhor Álbum de Engenharia de Gravação, também por "Noturno".

Por fim, Vitor Ramil disputa duas categorias: Melhor Álbum de MPB, por "Campos Neurais"; e Melhor Arranjo, pela faixa "Campos Neurais".

Histórico do RS na premiação
No ano de 2017, o conjunto Yangos foi indicado à categoria Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa, por "Chamamé". Em 2016, os cantores Ian e Thiago Ramil foram indicados a três categorias. Thiago concorreu na categoria Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa, por "Leve Embora". O projeto também captou recursos da LIC, no valor de R$ 117 mil. Já Ian disputou a categoria Melhor Artista Revelação e venceu o prêmio de Melhor Álbum de Rock em Língua Portuguesa, por "Derivacivilização".

  44 Acessos

Copyright

© Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul

44 Acessos

Corsan apresenta ações em coletiva para qualificar abastecimento de Gramado

Em entrevista coletiva à imprensa de Gramado, concedida na tarde dessa quarta-feira (14), no Sindilojas, o diretor de Operações da Corsan (Companhia Riograndense de Saneamento), Eduardo Carvalho, ressaltou que a empresa vem intensificando suas ações com o objetivo de atender a demandas antigas da população de Gramado, principalmente no que diz respeito ao abastecimento de água.

Entre as obras destacadas, está a interligação de adutora responsável por ampliar o abastecimento de água, fornecendo água bruta a partir de São Francisco de Paula, beneficiando também o município de Canela, cuja operação será iniciada na quarta-feira (21). Essa solução ampliará a vazão de tratamento em mais 30% e está alinhada com a futura expansão do sistema de produção de água.

Já o novo reservatório de 3.000 m³ na Aldeia do Papai Noel foi inaugurado, está em operação e começou há poucos dias a execução dos serviços do contrato de performance, com o objetivo de reduzir perdas comerciais e operacionais e, consequentemente, melhorar a utilização e o fornecimento de água para os clientes. 

Para o abastecimento de água, foram realizadas melhorias operacionais no sistema integrado de Canela e Gramado, o que possibilitou o aumento de capacidade de produção em 20% para as duas cidades. A Corsan está executando uma série de ações e investimentos para ampliar e qualificar os sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário de Gramado. O diretor da Corsan informou que está em andamento o estudo para a duplicação da Estação de Tratamento de Água de Canela, que atende as duas cidades, pois o crescimento de ambas é acelerado.

Ainda com conclusão prevista para dezembro/2018, está em andamento a instalação do Centro de Controle Operacional, que inclui sala de controle e equipamentos de telemetria em vários pontos das cidades e permitirá o acompanhamento do sistema online, agilizando os atendimentos.

Confira abaixo a lista de ações da Corsan para melhorar o abastecimento de água:

- Adutora de água bruta responsável por levar água de São Francisco de Paula para os municípios de Canela e Gramado

Investimento: R$ 940 mil

Previsão de conclusão: segunda quinzena de novembro/2018.

- Reservatório Apoiado de 3.000 m³ em aço vitrificado na Aldeia do Papai Noel

Investimento: R$ 3,6 milhões

Inaugurado e operando.

- Melhorias operacionais no sistema integrado – aumento da capacidade de abastecimento em mais 20% para as duas cidades.

- Contrato de Performance para execução de obras e serviços de engenharia, visando o aumento da eficiência operacional nos sistemas de abastecimento de água nos municípios de Bento Gonçalves, Canela, Farroupilha e Gramado. Investimento: R$ 9,2 milhões.

- Instalação do Centro de Controle Operacional – CCO

Investimento: R$ 1,1 milhão

Previsão de Conclusão: dezembro/2018.

- Instalação de Reservatório de 30 m³ no bairro Viação Férrea

Investimento: R$ 150 mil

Previsão de Conclusão: novembro/2018.

- Estações de Tratamento de Esgoto pré-fabricadas para Canela e Gramado

Em fase de licitação.

- Diagnóstico para identificar situação das redes de esgoto

- Força-tarefa para identificar lançamentos clandestinos de esgotos cloacais na rede pluvial

- Certificação pela ISO 9001:2015 das Estações de Tratamento de Água e Esgoto de Canela e Gramado – previsão para Dezembro/2018.

No tratamento de esgotos, estão em fase de licitação as Estações de Tratamento de Esgoto pré-fabricadas para Canela e Gramado, com dois módulos para cada cidade. A Companhia também está realizando um diagnóstico que pretende identificar a situação das ligações de esgotos na cidade, apurando se os imóveis possuem os sistemas individuais de tratamento de esgotos; se possuem a adequada dimensão; se necessitam de limpeza; se apresentam regular funcionamento e se estão interligados à rede pública cloacal. Em parceria com a prefeitura, uma força-tarefa está verificando a existência de lançamentos clandestinos de esgotos cloacais na rede pluvial, ou de esgotos pluviais na rede cloacal, adotando as medidas administrativas necessárias.

Também estiveram presentes na coletiva, o diretor de Inovação, Relacionamento e Sustentabilidade, Jean Carlo Bordin; o gestor da Corsan local, Acir Silva da Costa, e o chefe da Coordenadoria Operacional regional, Fernando Bohrer de Oliveira.

Texto: João Paulo Flores/Corsan
Edição: André Malinoski/Secom

  22 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

22 Acessos

Trinta anos da Casa do Artesão são celebrados com resgate da memória e atividades artísticas

Nos 30 anos de atividades da Casa do Artesão de Porto Alegre, comemorados em cerimônia com o governador do Estado, José Ivo Sartori, na tarde desta quarta-feira (14), não faltaram histórias de vida, lembranças e exposição de artesanato. O ato, no auditório da instituição, simbolizou a representação dos cerca de 50 mil artesãos gaúchos.

Após apreciar a exposição e conversar com artesãos, o governador lembrou do início e da história de três décadas da Casa do Artesão, ainda de quando estava no comando da Secretaria do Trabalho no governo Pedro Simon. “São 30 anos de história e de trabalho social que permanece, de um grande desafio que é promover a arte e que será levado adiante”, afirmou.

Para a secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos (SDSTJDH), Maria Helena Sartori, o legado desse trabalho precisa ter continuidade. “Tudo que foi construído até aqui é fruto do resultado dos artesãos. E esse trabalho depende só do esforço dos expositores aqui presentes”, destacou.

A Casa é uma iniciativa do Programa Gaúcho do Artesanato (PGA), desenvolvido pela Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) para incentivar a profissionalização e fomentar a atividade artesanal com políticas de formação, qualificação e apoio à comercialização. Ao todo, Porto Alegre conta com 8.700 artesãos ativos no programa. 

Saiba mais

Na oportunidade, na presença de autoridades, artistas e expositores, foi lançado o concurso de presépio, a apresentação musical com o grupo de Sopro Prima (Alvorada) e a oficina de confecção de Papai Noel. Centro da pluralidade da capital, a Casa do Artesão é um espaço de exposição e comercialização que serve como ponto de apoio e de incentivo aos novos artesãos. Hoje, 140 artesãos de 30 municípios expõem seus trabalhos no local.

O mais antigo profissional que atuou na Casa do Artesão, Ary Minotto, de 85 anos, recorda que passou 28 anos esculpindo peças e altares de madeira. Hoje tem orgulho em repassar sua experiência para os mais jovens: “Fiz da arte minha profissão desde os tempos de guri, aos 15 anos. E sempre repassei esse conhecimento para alunos na Casa do Artesão”, observou.

Em 2017, a Casa contabilizou a venda de 4 mil peças artesanais que somaram R$ 115 mil. Além da comercialização, o espaço reúne cursos de artesanato. Anualmente, são oferecidos cerca de 15 cursos. 

Também participaram do evento, o presidente da FGTAS, Rogério Grade; a coordenadora do Programa Gaúcho do Artesanato (PGA), Marlene Leal Garcia; representantes de entidades de classe, colaboradores e imprensa.

Confira, abaixo, o vídeo:

https://youtu.be/9Qq9U3gxsKM

Texto: Rodrigo Vizzotto/Secom
Edição: André Malinoski/Secom

  46 Acessos

Copyright

© Governo do Rio Grande do Sul - Notícias do Piratini

46 Acessos